4 de agosto de 2016

Ataque aos piolhos

Felizmente os piolhos ainda não entraram cá em casa. 
Mas esta semana o assunto veio à baila porque a filha de uma amiga apanhou agora nas férias!
Fiquei logo em alerta e decidi pesquisar sobre o assunto para não me apanharem desprevenida :)
Descobri algumas curiosidades interessantes. Como por exemplo, os piolhos gostam de cabelos limpos e não estão necessariamente associados a falta de higiene. 
Podem aparecer em qualquer altura do ano, mas preferem o calor!
 Mas o que mais me surpreendeu foi descobrir que os piolhos não saltam, não voam, mas nadam! 
Ou seja, verão, piscinas… todo o ambiente propício para as pragas de piolhos. 'Red Alert'!
Também li sobre antigos truques caseiros, como lavar a cabeça com vinagre e esperar 30 minutos com uma touca, pessoalmente não estou muito segura da eficácia destes truques e prefiro métodos mais pragmáticos! 
Por isso, partilho esta dica que me passaram de um novo produto - a loção Fullmarks. 
Simples, super rápido (em 5 minutos), sem cheiro, sem insecticidas e muito eficaz. 
Pente incluído para os mais resistentes e para as lêndeas. 
(As lêndeas são os ovos que ficam agarradas junto à raiz do cabelo).
 Procurem na nuca e atrás das orelhas, que é onde elas mais gostam de estar. 
A Fullmarks tem também um champô que ajuda a remover os piolhos e lêndeas mortos e evita o seu reaparecimento.
Não é o tema mais 'cool' e interessante do mundo, eu sei, mas faz parte da vida das pessoas, principalmente de quem é mãe!
Sei que também por aqui haverá uma primeira vez e quando isso acontecer já estou bem informada ;)
Aqui encontram mais informações. 
(O que são os piolhos, como os detectar e o que fazer para prevenir... )

Instagram @Feferreiravelez

23 comentários:

  1. Aqui a pequena Maria apanhou piolhos na piscina do hotel a semana passada!
    Levou uma esfrega que ficou limpinha.
    Já na escola onde pensei que podia apanhar, nunca apanhou!

    ResponderEliminar
  2. essa é nova para mim.. Nadam?! Ainda me lembro de uma vez que a minha mae teve de comprar uns 3 shampoos, pq as bichas eram resistentes!

    ResponderEliminar
  3. Cá em casa, a Luísa apanhou à cerca de um mês e tal e usamos esse mesmo! Passou logo!
    Outra técnica que resulta sempre é o vinagre! :)

    ResponderEliminar
  4. Quando souberem da existência deles na escola é bom mandar as meninas de cabelo apanhado, e nesses dias perigosos passem a prancha no cabelo, se houver algum morre electrocutado antes de se reproduzir.

    ResponderEliminar
  5. Fernanda, nunca lhe perguntei nem nunca li sobre isto, por isso...já pensou em ter mais um filho?
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. "Mulher prevenida"... obrigada pelas pragmáticas partilhas. A Fernanda é uma inspiração :)

    ResponderEliminar
  7. Fernanda tenho o mestrado neste tema! Se algum dia apareceram ligue me! Vanessa

    ResponderEliminar
  8. Um truque que aqui em casa usamos é colocar o perfume/agua de colonia no cabelo.. Tem resultado QB ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como faz? Pulveriza directamente o cabelo ou aplica primeiro na escova?

      Eliminar
  9. Existem uns pentes elétricos que se vendem na farmácia para dar cabo dos ditos cujos sem termos de usar "químicos" na cabeça das crianças, basta pentear e se o pente detetar algum piolho ou lêndea efetua uma descarga elétrica que os mata sem efetuar qualquer dano na cabeça da criança.

    ResponderEliminar
  10. Vinagre morno foi a única coisa que resultou no cabelo da minha filha.

    ResponderEliminar
  11. Clinica do piolho no dafundo para as mais enojadas como eu. Não é barato, mas é eficiente!

    ResponderEliminar
  12. Pôr perfume no cabelo dos miúdos sempre resultou até hoje!

    ResponderEliminar
  13. Obrigada;pois nao sabia que podiam ser apanhados em piscinas...e tenho uma filha cheia de caracois;com imenso cabelo!!!!obrigada por informar

    ResponderEliminar
  14. Estas publicidades encapuzadas 😁 há sempre uma amiga e o tema surge sempre "em conversa". Ai ai. Mais vale assumir!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está a fazer o trabalho dela! Isto é um negócio!!! Está bastante claro!!

      Eliminar
  15. pois o meu filho este ano foi um cristo nunca gastei tanto dinheiro e chegou ontem de estar 8 dias fora com A.T.L. e hoje já tinha um na travesseira deram-me uma solução caseira que vou esperimentar vinagre ferve-se com amaciador do cabelo vou fazer a experiência se não lá vou eu para a farmácia gastar

    ResponderEliminar
  16. Vinagre, água e azeite. Tudo misturado numa garrafa. Aplicar e deixar atuar com uma touca. Foi a única solução que resultou na cabeça do meu filho

    ResponderEliminar
  17. No meu caso este produto não resultou.

    ResponderEliminar
  18. Existe uma clínica em Lisboa , a Clínica do Piolho, onde acabam numa única sessão com os piolhos e lêndeas . E sem químicos!!!

    ResponderEliminar
  19. Desculpe Fernanda, mas se eles não saltam nem voam, mas nadam, como é que há tanto contágio nas escolas entre as crianças?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As crianças estão em constante brincadeira, e muitas vezes, há contacto direto entre cabeças! Além disso, apesar não saltarem nem voarem, movem-se muito rapidamente! É a 2° doença mais comum na infância e muitas crianças tem o azar de apanhar, independente da higiene capilar!

      Eliminar