12 de junho de 2015

Pirosa, com muito gosto

A Carlota desejou tanto que não resisti a comprar-lhe o trolley de viagem da Elsa. Todas as mães de miúdas de 3 anos conhecem a Elsa!! (Este ano a C já foi a pelo menos 4 festas de anos do Frozen)
Fala-vos uma mãe que até hoje resistiu a qualquer peça que tivesse uma amostra de bonecada! 
Mas tudo o que é fundamentalista é mau e a razão falou mais alto, afinal nós mães também temos de saber ceder. A Minnie, a Hello Kitty e a Elsa do Frozen são o universo delas neste momento. E mais vale serem "pirosas" agora, que estão na altura certa!
Depois pensei, quando eu era miúda também gostava deste imaginário, por isso, porque não havia a C de ter uma mochila com rodinhas do Frozen se isso a faz feliz? 
Comprei online, no fim de um dia em que se portou muito bem. 
Não tem tudo o que pede - até porque entrou agora na fase de pedir um brinquedo cada vez que vamos ao supermercado - mas desta vez achei que lhe devia fazer a vontade. 
Esta mala foi amor à primeira vista para a C e a mim conquistou-me. Tem umas cores e desenhos queridos, o tamanho ideal e tem ótima qualidade!
A C anda encantada com ela e nos próximos dias tenho a certeza que não a vai largar. Anda com ela na mão a passea-la dentro e fora de casa, toda orgulhosa, mostra à mana pequenina e às amigas que vêm cá a casa.
Uma mala de viagem do Frozen, o grande desejo da C, já à espera das férias ou do próximo fim de semana fora.







C look:
Frozen à parte, ADORO este macacão, tão prático, querido e cool!
Uma das minhas peças preferidas dos últimos tempos e é de uma marca portuguesa - Blu Kids
Trouxe do Mercadito da Carlota e tem sido só usar desde então!
Top - Zara Kids
Alpercatas - Mini Paez Shoes
Tatuagem temporária (pulseira) - Suuim
Trolley do Frozen - Samsonite

Instagram @feferreiravelez

20 comentários:

  1. Já estava na altura da Carlota ter alguma escolha nisto tudo....

    ResponderEliminar
  2. Oh meu Deus que riqueza! Parabéns pela nova aquisição Carlota!
    Beijinhos

    http://joanartferreira.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Não vejo necessidade de uma criança ter um trolley com 3 anos, muito menos este da Disney que são carérrimos. Por muito que gostem da bonecada, às vezes nas coisas mais simples conseguimos ver o mesmo brilho no olhar. Mas quem possa gastar uma fortuna em alimentar a bonecada da Disney, acho que deve fazê-lo!

    ResponderEliminar
  4. A mochila é o máximo, elas adoram, porque não? É só uma fase que todas tivemos :)
    Mas o macacão é qualquer coisa!! Sempre com bom gosto.

    ResponderEliminar
  5. Adoro o macacão conjugado com as Paez!

    ResponderEliminar
  6. Em primeiro lugar...ignore esses tristes comentários maldosos, de pessoas que se assumem anónimas, e se calhar gastam mais em copos e noitadas do que em coisas para os filhos.
    Acho que se é altura de piroseiras é agora. A minha com 6 anos ainda adora isso e eu vou dando sempre que posso e que merece.
    Não é mimá-los nem estragá-los é apenas fazê-los sorrir e vibrar.
    Assim como deixo que se pinte, pinte as unhas, e faz parte.
    Houve umas férias que foi a Lara do fundo do mar e andava sempre de óculos de mergulho, qté ao almoço :)
    São fases, que vão equilibrá-los e estruturá-los...senão vão querer fazê-lo mais tarde e isso é que não é bom sinal.
    Ou depois tornam se adultos frustrados como estes que passam por aqui!
    Criticam, criticam mas estão sempre a par!!!
    A mochila, a Carlota e a Carminho são lindas, e vivam as piroseiras ;)

    ResponderEliminar
  7. Está na idade perfeita para ser pirosa! ;)
    Está linda!
    Cris

    ResponderEliminar
  8. Não há aqui qualquer maldade no comentário que fiz sobre considerar que não vejo necessidade de uma criança de 3 anos ter um trolley, quando este só por acaso até é bastante caro (pelo menos para o meu bolso). Tenho duas filhas e ambas gostam de ser princesas e sonham e fantasiam, mas eu jamais entro em loucuras de comprar artigos tão caros, que a meu ver não as vão fazer mais felizes. Orgulho-me em dizer que as minhas filhas têm o essencial, o que não significa que aqui e ali não faça um pequeno "estrago". Vou dar um exemplo, a minha filha mais velha moeu-me o juízo para ir ao concerto da Violleta. Se tinha dinheiro para a levar até tinha, mas digam-me por razão haveria de gastar balúrdios em satisfazer um capricho da minha filha, que passados poucos meses do concerto já nem sequer acompanha a série. E acreditem que a pressão para a levar foi enorme, desde amigos, família, colegas de escola. Se ela foi naquela altura menos infeliz? Não acredito que tenha sido. A questão é que os nossos filhos estão a tornar-se em seres caprichosos, egoístas e somente virados para eles próprios, porque a qualquer estalar de dedos têm tudo o que querem...

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde

    Sigo por vezes o blog e nunca senti necessidade de o comentar e muito menos fazê-lo em relaçao às opiniões aqui deixadas. Fico-me por ler os posts da autora, concordando e discordando por vezes.
    Mas escrevo porque não compreendo o "Anónimo"! Todos nós temos o direito a criticar ou elogiar o que quer que seja e de termos a nossa opinião sobre qualquer coisa e de a expressar.
    Nem sempre leio os comentários das outras pessoas, mas talvez desta vez me tenha puxado a atenção uma vez que tive uma menina (sim tive, infelizmente já não tenho) de 4 anos que simplesmente adorava tudo o que tivesse a ver com a Elsa da Frozen. Isto para dizer que obviamente e como qualquer boa mãe fazemos tudo para os ver com aquele sorriso e se isso se reflectia num brinquedo da Elsa, sempre conforme as possibilidades, lá lhe comprava e ela brincava e brincava. E sempre entendeu quando não havia " tostão".
    Dito isto, não compreendo as críticas negativas de forma anónima das pessoas apenas por acharem o brinquedo "carérrimo"! Cada um ganha o que ganha e pode o que pode,conforme os nossos trabalhos ou a vida que temos e as nossas compras reflectem se nisso, assim como os brinquedos e tudo o resto que compramos aos nossos filhos! Qual é o problema de uma criança de 3 anos ter um trolley quando pode usá lo para brincar, para levar roupa numa viagem, ou qualquer outra coisa?! E se o trolley custasse 5 euros já o podia ter se a criança o pedisse?!
    Não é por um artigo ser caro que a criança não vai tê lo, se os país poderem e assim o entenderem!
    E não é por isso que vão ser mais " mal educados e caprichosos"
    É por ter brinquedos caros que obrigatoriamente a Carlota não ouve um "não" ? ...não me parece...

    No entanto e em relação à Carlota, acho-a um encanto... (não pelas fotos e mais fotos que são aqui mostradas) mas porque conheço bem essa doçura que as meninas nos trazem.
    À uns dois anos estava no supermercado e vi uma criança mais ou menos da idade da minha na altura, que achei um doce de menina. Ela meteu se comigo e eu com ela e a certa altura, depois de alguma conversa, a avó "babada" que estava com ela disse me "A Carlota está na capa da revista País & Filhos" e mostrou-ma. Estava realmente uma bonequinha. Apenas ás umas semanas atrás percebi que a Carlota super querida que eu tinha conhecido no supermercado era a mesma Carlota do blogue. Fiquei satisfeita de saber que estava crescida e que já tinha uma mana.

    Não é por haver mais possibilidades financeiras que as crianças vão ser mais felizes é verdade! Mas muitas vezes eles também não sabem que aquele artigo é que é o caro, simplesmente gostam. E se podermos compramos, se não podermos não compramos e há que fazê los compreender.
    Não critiquem só porque há pessoas com mais possibilidades que outros ou apenas porque sim!

    A propósito, o trolley é um espectáculo!

    Sofia Gaspar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente, e tenho a certeza que infelizmente não tendo a sua filha, tem em sua consciência que fez o que estava ao seu alcance para ser feliz, durante o tempo que passaram juntas, independente de custar 5 ou 50 euros ;)

      Eliminar
  10. Continuo a dizer que não foi minha intenção fazer juízos de valor sobre a autora do blog, quanto mais da menina Carlota, que efetivamente tem todo o ar de ser um doce de menina.
    A minha intenção foi alertar para o facto de as coisas hoje em dia serem tão acessíveis que facilmente caímos em tentação e as crianças acabam por terem tudo e valorizarem pouco. Quando disse que não via necessidade da criança ter um trolley foi apenas um exemplo. Claro que pode ser útil em viagens. O que eu quis dizer é que é bom e importante as crianças passarem pelas montras, desejarem uma coisa e não a terem, independentemente de os pais conseguirem comprar-lhes o mundo... É isso que estou a tentar dizer e é isso que tento fazer, embora nem sempre seja fácil.

    ResponderEliminar
  11. Cá por casa também se vai evitando a bonecada, mas sei que o tempo dela, se juntar ao armário e acessórios da Baby MF, está cada vez mais perto. E se as faz feliz, porque não ceder? A Carlota está um máximo com esse macaco!
    Bj

    blogdamariafrancisca.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Fernanda, onde comprou a casinha que vai aparecendo nas fotos do instagram? É um amor.

    ResponderEliminar
  13. Miúda com mais pinta da blogosfera!

    ResponderEliminar
  14. Aliás, Mãe e filhas com mais pinta da blogosfera!

    ResponderEliminar
  15. Cada um compra o que quer rio que pode com a carteia que tem! Eu não tenho a da Fernanda infelizmente mas se tivesse comprava isso ou até mais! Contento me de ver o bom gosto que tem é sinto me feliz com o que tenho! A Fernanda não está a pedir a vossa opinião se deva ou não comprar! Está a partilhar a alegria da filha. Até podia ser uma mala de 5000€. Ninguém tem nada a ver com isso.

    ResponderEliminar
  16. Então gostar da Minie outra personagem da Disney é ser pirosa?! Oh pai...

    ResponderEliminar
  17. pois claro que elas nem sempre (ou quase nunca, nesta fase) gostam do que nós gostamos!
    eu vivo esse "filme" desde os 2 anos da minha filha..golinhas?!?! nem pensar...corriam-lhe lágrimas silenciosas...jardineiras?! carneiras?!? idem...
    por isso e como acima de tudo quero a minha filha muito feliz, sempre me orientei pelo que ela preferia, obviamente com a minha supervisão! e isto aplica-se às mochilas, às tshirts, aos ténis (a felicidade que foi ter uns ténis de luzinhas!!!!).
    recordo-me ainda hoje de a minha mãe pôr os gostos dela à frente dos meus e acreditem que me custava horrores! hoje recuso-me a fazer o mesmo!

    ResponderEliminar
  18. Aqui desde o Natal passado que anda com uma mochila de rodinha da Hello Kitty para o colégio! Foi o pai que deu (e eu quando vi nem queria acreditar...) mas acho que foi o presente que ela mais gostou! :) é mesmo assim!!
    beijinhos!!

    ResponderEliminar