18 de agosto de 2014

Passar de uma para duas filhas...

3 semanas de baby Carminho! Os dias passaram a correr.
Se dissesse que está a ser tudo fácil estava a mentir. Welcome to the real world! 
Têm sido dias de muitas emoções, adaptações, novas rotinas e de muito cansaço! Porque passar de uma para duas filhas afinal faz muita diferença.
A baby C* continua uma bebé fácil, come e dorme, como deve ser um recém-nascido. Mas as cólicas já apareceram. Ultimamente as noites passam-se de 3 em 3 horas, com algum choro de vez em quando, as típicas dúvidas sobre o que terá, e que são cólicas que só se resolvem com massagens e colo.
Acho que a C não tem ciúmes da irmã, pelo contrário, está encantada. Apaixonou-se por ela desde o dia em que a viu na maternidade e os olhos brilharam de felicidade! 
A baby Carminho é a paixão da irmã, se ela já adorava - e adora - os irmãos mais velhos, agora ter em casa uma mana bebé faz as suas delícias. Acredito que esta bebé vai ter na Carlota uma grande protetora e uma amiga para o resto da vida. 
"Oh querida...", "linda, linda...", "Eu adoro a ti"... são só algumas das palavras enternecedoras da C para a sua irmã querida. Tem por ela um amor e uma adoração difíceis de descrever. Impossível não ficar emocionada a ver as duas. 
Mas não é incomum estes dias a C chamar a atenção com uma birra, sem explicação! 
Ou quando, no mais perfeito entusiasmo, aperta, puxa braços e pernas, passa das festinhas às pancadas e quer dar beijinhos à mana bebé como se fosse a sua boneca! E é quase impossível, se estou sozinha, controlar estes ímpetos, tal é o impulso e a força, que ainda não controla. Em suma, necessidade de atenção redobrada! 
Os minutos de serenidade são poucos e preciosos, muitas asneiras e alguns gritos, porque nem sempre obedece à primeira, obriga-nos a falar mais alto e às vezes leva-nos ao limite. 
Claro que apesar das coisas menos fáceis - há MUITAS MAIS que tornam e fazem deste momento inesquecível, maravilhoso! Dias felizes, que nos deixam muito gratos pela família que temos.
Porque há momentos tão bons que compensam tudo. As manhãs em que ficamos os quatro num namoro pegado. Quando saímos, tomamos o pequeno almoço pelo bairro, almoçamos em família com os avós e os irmãos mais velhos, passeamos no jardim e pouco a pouco regressamos às rotinas que tanta falta nos fazem.
Aventurámo-nos nos passeios, a primeira vez, quando a baby C* fez 1 semana e a partir daí fomos repetindo. Cada mãe terá a sua opinião, mas eu acho que o sol, as nossas temperaturas amenas e o ar livre só trazem benefícios aos bebés. 
Quando saímos da maternidade assumimos o desafio de vir para casa os 4, sem qualquer tipo de ajudas, mas às tantas percebi que podia estar a prejudicar a Carlota e que, por eu ter sido mãe, ela não podia estar simplesmente fechada em casa, em pleno verão, sem aproveitar a praia que é tão necessária porque ajuda a prevenir as constipações no Inverno, ainda mais agora que vai para o colégio. 
Por isso decidi descomplicar e com 10 dias deixei a Carminho entregue aos cuidados da minha mãe e fomos por umas horas à praia. A Carlota adorou, claro! E a mim ajudou-me a espantar os baby blues e a sentir como é bom ser de novo mãe e Mulher. Porque estar fechada em casa no verão não é nada fácil, nem bom! Não nos podemos esquecer de nós, nem que temos outros filhos e marido. Mães felizes igual a filhos (e maridos) felizes! 
Obrigada mãe, manos D e M!
Estes dias apenas consigo sentir-me grata pelo tanto que temos.
Estamos ansiosos pela nossa primeira semana de férias a 4, quando a baby C* faz 1 mês! Jardim, sol, piscina para a C e passeios. Uma miúda feliz a brincar, a correr e a nadar e uma bebé calma a passear. Já falta pouco!

A verdade é que tudo o que esta fase tem de difícil tem de viciante! Não há nada de racional nisto e acho mesmo que deve ser um dos grandes mistérios do cérebro feminino, porque depois vai passar este período de readaptação, de novidade, de privação do sono e tudo o que nos lembramos é do cheirinho bom, da emoção, da delícia que é ter um ter um bebé tão pequenino em casa. Mais tarde ainda nos vamos lembrar destas "dificuldades", mas a verdade é que o cérebro rapidamente vai apagar todos os momentos difíceis e deixar só os bons e a saudade.


Ao ritmo dos dias...
Fotos daqui

1 - Touca Ma Petite Princesse, Camisa de golas Mariazinha, Tapa-fraldas Maria Design Kids
2 - Livro "São todos meus preferidos" 
3 - Kit completo Maria Gorda, Coelho roca Maileg
5 - Forra do ovo Blu Home, Mala das fraldas Pasito a Pasito
6 - Espreguiçadeira Chicco, Touca Dot, Fofo Maria Bianca

Passeios pelo bairro, praia, gelados, campo, pinturas...

Mom's look:
1 - Vestido preto H&M nova coleção
2 - Túnica branca Vintage Bazaar nova coleção, Calções H&M (antigos)
3 - Túnica branca e Calções pretos Zara (antigos)
C:
1 e 2 - Vestidos Antimilk (saldos)
3 - Camisa de noite Ba store e Babygrow Maria Bianca

*
 E com vocês, como foi a adaptação?
(E o tempo que demorei a escrever este post...?! )

O Blog da Carlota também está no FACEBOOK e INSTAGRAM