1 de julho de 2014

Mães com pinta - Carolina Patrocínio

A mãe com pinta de hoje dispensa grandes apresentações, é apresentadora de televisão e conduz atualmente o programa O Mundo de Carolina, na SIC. Super querida, giraça, descontraída e cheia de estilo! Carolina Patrocínio, 27 anos, foi mãe pela primeira vez há 3 meses. É uma mãe babada e já pensa num segundo filho!
Super em forma antes e depois da gravidez partilha connosco as suas dicas, detalhes do dia a dia e da sua rotina enquanto mãe, mostra-nos como decorou o quarto da filha, o que mais gosta de lhe vestir, mas também os valores que considera fundamental passar-lhe e o que mais deseja para a filha. Vive o dilema da mulher moderna: mãe, mulher, dona de casa e profissional, e conta-nos como consegue conciliar tudo. Imperdível!



Nome da filha: 
Diana Sousa Uva, 3 meses (26/03/2014)
Como foi quando descobriste que estavas grávida? 
Descobri que estava grávida duas semanas depois de ter chegado de Lua de Mel. Na verdade já desconfiava mas quis esperar uns dias até fazer o teste da farmácia. O Gonçalo já tinha voltado para França onde estava a viver nessa altura por isso eu estava sozinha no Algarve quando soube, fiquei obviamente muito contente! Decidi guardar segredo mais uns 15 dias até ter ido ter com ele à Narbonne onde lhe contei pessoalmente. Estava de 8 semanas quando lhe dei a novidade, já depois de ter feito a primeira ecografia. 
E a escolha do nome? 
Só decidimos o nome mesmo no dia em que a bebé nasceu. Até lá tínhamos ainda 3 ou 4 hipóteses em aberto. 
Parto normal ou cesariana? 
Parto normal, sem sombra de duvida. 
Ainda estás a amamentar? Foi um processo fácil ou exigiu perseverança? 
Ainda estou a amamentar. Exigiu perseverança pelo simples facto de eu, estupidamente, não me ter informado sobre a subida de leite. Fiz todos os erros possíveis no dia que o leite subiu (que coincidiu com o dia em que fui para casa). Estava tão contente e sentia-me tão bem fisicamente que não parei quieta um segundo, andei pelo meu bairro a mostrar orgulhosamente a minha filha e deixei que os intervalos de ela mamar fossem muito longos. Ao fim do dia ia quando fui amamentar notei no tamanho do meu peito e não soube o que fazer, foi muito assustador. De resto tive a sorte da minha filha ter sabido mamar desde o momento em que nasceu, fez sempre uma pega perfeita, nunca tive gretas, feridas nem senti nenhuma dor. 


Estiveste sempre em excelente forma física na gravidez. Quantos kilos engordaste? 
Engordei 8 kilos.
E que cuidados tiveste? 
A minha alimentação não mudou pelo facto de estar grávida. Acho que tenho uma alimentação razoavelmente equilibrada, sem grandes excessos e à base da compensação. Não fiz nenhum tratamento específico, apenas a massagem de relaxamento muscular que faço semanalmente há já muitos anos. Usei a gama da Mustela, o anti-estrias e o hidratante normal. Em termos de exercício físico, não consigo resumir em pouco espaço e tempo! (risos) Teríamos que ter uma conversa inteira sobre isso. Mas treinei até ao dia em que Diana nasceu.


Numa fase em que estamos mais sensíveis, chateou-te a curiosidade e comentários em relação ao tamanho da tua barriga? 
Os comentários em si nunca me ofenderam, acho que já estou vacinada nesse campo, até porque não tenho prazer nenhum em procurá-los. O mais irritante é sempre a incapacidade/impossibilidade de responder à letra de quem me acusou maliciosamente sem saber do que falava. A minha barriga demorou bastante tempo a notar-se devido à contenção muscular abdominal que eu tinha anteriormente à gravidez. Qualquer pessoa minimamente inteligente deveria perceber isso. O tamanho da barriga em nada tem a ver com o estado ou com o tamanho do bebé. A minha filha nasceu óptima, no final do tempo, de parto normal e com 3, 110 kg. 



Sentiste alguma mudança no corpo após a gravidez? 
Felizmente ainda não. Acho que consegui recuperar a forma relativamente rápido. Mas é o meu primeiro filho e ainda tenho 27 anos... não posso cantar de galo. Não sei como serão as próximas gravidezes. 
No pós-parto que cuidados tens e recomendas? 
Recomendo muita coisa (risos), mas o que verdadeiramente faço é exercício todos os dias, se possível bi-diariamente. De resto, gostava de conseguir beber mais água do que bebo, comer melhor do que como e ser mais regrada com cremes e tratamentos.
És uma mãe cheia de pinta que conseguiu manter o seu estilo durante a gravidez. Quais as peças que na tua opinião todas as grávidas devem ter no armário? 
Não comprei nenhuma peça de roupa de grávida. Usei calções e calças de cintura descida até mesmo ao fim. Aos 7 meses encontrei na GAP de França uns jeans básicos que, apesar de não serem para grávida, tinham uma espécie de elástico dos lados que as tornava super confortáveis e serviram perfeitamente para o efeito. Foi o mais perto de roupa especializada que usei. Acho que cada mulher deve adaptar o seu armário ao longo da gravidez respeitando o seu estilo e dando preferência sempre ao conforto. 
Como é a Carolina Patrocínio no papel de mãe? É super natural termos medos, ansiedades, dúvidas.... Sentes que muita coisa mudou ou está a ser muito fácil? 
Muito sinceramente acho que está a ser mais fácil do que esperava. Tenho a sensação de só ouvir historias más e fui avisada várias vezes que os primeiros 3 meses seriam um verdadeiro inferno. Felizmente não sei o que isso é. Sempre fui muito segura nas minhas opções e por isso não sofri muito com ansiedades e dúvidas, limitei-me a seguir o meu instinto. Meti-me num avião sozinha quando a bebé tinha apenas 13 dias para ir para França ter com o meu marido. Vivi lá o primeiro mês com ela, longe das ajudas da família, da pediatra e de todo o material que já tinha preparado na casa de Lisboa. Por isso, acho que me posso considerar bastante descontraída para uma mãe de primeiro filho.



Tens uma agenda repleta de viagens, eventos, etc, como fazes para lidar com os mil e um compromissos profissionais com uma bebé em casa? E como concilias os papeis de mãe, mulher, dona de casa e profissional?
Vivo o dilema da logística como tantas outras mães. Os dias de gravação para O Mundo de Carolina acontecem sempre fora de Lisboa e são dias de trabalho muito longos... saio da SIC às 7h da manhã e só volto depois do jantar. Nesses dias preciso da ajuda da minha sogra com quem felizmente posso sempre contar. De resto, já não consigo marcar presença em eventos durante aquela hora critica (banho e dormida) porque faço questão de ser eu. Sinto que cada dia que passa estou mais rápida e eficaz nas lides domésticas! (risos) Dou por mim a pôr a loiça na máquina enquanto embalo o carrinho do bebé, entre tantas outras tarefas que uma mãe consegue realizar em simultâneo. 
Como é a tua rotina, o teu dia-a-dia com a Diana? 
Acordo cedo e dou de mamar ainda na cama. Depois visto-a, 'brinco' e converso um bocadinho. Quando começa a dar sinais de sono deito-a na alcofa (desta vez já na sala) para fazer a sesta. Isto repete-se ao longo dia por 4 vezes. Mama, brinca e dorme sestas. O momento de actividade inclui estar na espreguiçadeira, no tapete no chão e passeios pelo bairro. Ainda não dá para muito mais do que isto! (risos) Muitas vezes vou passar o dia a casa da minha mãe ou a casa da minha irmã Mariana, que está de licença de maternidade, e aí levo-a sempre comigo. Durante as sestas dela aproveito para ir ao ginásio, marcar trabalhos, ir à SIC, etc. Ao fim de semana não há tantas rotinas, basicamente ela vem para onde os pais forem! Isto inclui restaurantes, casa de amigos, jogos de rugby ou fins de semana fora de Lisboa. 



Como gostas de vestir a Diana? 
Gosto de a vestir de branco e cor-de-rosa. Estilo clássico (sem demasiados folhos) e confortável. 
Onde compras normalmente as roupas da tua filha, alguma marca preferida? 
As marcas que a Diana mais usa são o Peixinho no Mar, a Boneca de Sabão, Laranjinha e Zippy (e muita coisa herdada!). Também usa Maria Bianca, Petit Bateau, Gocco e Zara. 
Quais os 3 itens do enxoval da Diana que mais usas? 
Bodies brancos, cueiros e calças Zippy. 
Alguma coisa que tenhas comprado para o enxoval e que depois achaste desnecessário? 
Não comprei quase nada... herdei quase tudo da minha mãe (sou a segunda de seis irmãs, todas nascidas na Primavera..) por isso roupa não me faltava. 
Que carrinho de bebé escolheste para a Diana e porquê? 
Escolhi o Quiny Mood por achar que é aquele que melhor se adequa às minhas necessidades e lifestyle. Queria um carrinho todo o terreno que desse para me acompanhar nas corridas. Escolhi a versão em branco porque para mim é o mais giro! E já agora fica também a condizer com o meu carro (risos).
O quarto da bebé, foste tu que decoraste? Escolheste o tradicional rosa como cor predominante na decoração? 
Fiz tudo sozinha porque adoro decoração. Não comprei nenhum móvel novo, apenas reutilizei os que já tinha no meu quarto de solteira. O meu ponto de partida foi um papel de parede da Ralph Lauren Baby que tem um padrão com uns laços cor-de-rosa, muito clássicos e simples com um fundo branco. A partir daí o resto foi fácil. Forrei uma senhorinha, aproveitei uma cómoda antiga de três espelhos e uma chaise-longue de flores. Fui buscar umas prateleiras brancas rendilhadas que já estavam esquecidas em casa da minha mãe e mandei fazer um dossel de renda para o berço. 





Diz-me 3 valores que consideres fundamental passar na educação da tua filha: 
Quero lhe passar o sentido de justiça, da tolerância e do respeito pelo outro.
Quando pensas na tua filha, qual a primeira coisa que te vem à cabeça? E o que mais desejas para ela?
A primeira coisa que me vem à cabeça é o cheirinho dela e os braços sempre no ar, não param quietos. Desejo que tenha saúde, sempre. 



Já pensas num segundo filho? Preferias rapaz ou outra rapariga? 
Já! Gostava de voltar a engravidar para o ano. Não me importava de só ter meninas, mas sei que o meu marido gostava de um rapaz. 
Uma dica para as mães de primeira viagem: 
Se gostavam de amamentar informem-se muito BEM de como agir na subida do leite (risos).
Lês o Blog da Carlota? Algum tema preferido? 
Não costumo seguir blogues, mas quando leio é o Blog da Carlota :) Gosto desta rubrica, de ler as historias e as escolhas das mães com pinta!

Obrigada Carolina! Beijinhos e muitas felicidades para a baby D! 
Fotos gravidez: Rui Valido
Fotos Mãe e filha: Mariana Cancela de Abreu - Bubble sessions


O Blog da Carlota também está no FACEBOOK | INSTAGRAM

17 comentários:

  1. que fotos lindas! Uma mãe cheia de pinta mesmo!

    ResponderEliminar
  2. é possível saber quem tirou as fotografias bonitas??? bjs e felicidades

    ResponderEliminar
  3. E aqui fica a prova que nem sempre as pessoas que pensamos que gastam imenso dinheiro, o fazem realmente. O quarto da Diana, está realmente lindo :)

    ResponderEliminar
  4. Fantástica, adorei ler! Parabéns Carolina!

    ResponderEliminar
  5. Adorei a entrevista!! A Carol arrasa sempre..
    beijinhos a si Fernanda e à minha querida Carol

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito de ler e as fotografias estão excelentes :D

    ResponderEliminar
  7. Também fiz uma barriga mínima, tanto que só descobri aos 6meses e mesmo assim não tinha barriga e a Mat nasceu com 3480kg, 50cm.

    É ridículo as pessoas criticarem quando não sabem!
    Parabéns pelo Blog e Carolina.

    ResponderEliminar
  8. Adorei a escolha do papel de parede para o quarto da bebé. Gosto desta mãe, que leva a filha para todo o lado sem stress, é assim mesmo Carolina...

    ResponderEliminar
  9. As fotos ficaram lindas. E o quarto também!

    ResponderEliminar
  10. Lindas as fotografias!
    Parabéns bubble sessions e modelos claro! :)

    ResponderEliminar
  11. Boa entrevista e lindas fotos.

    www.prontaevestida.com

    ResponderEliminar
  12. Boa entrevista e a Carolina está de parabéns!

    ResponderEliminar
  13. Gostei :)

    Adoro a Diana, acho-a linda e amorosa, e admiro imenso a Carolina pela atitude dela, pelo empenho, pela força, pela persistência.
    Tenho só uma pergunta, que não tem muito a ver com isto, mas fiquei curiosa: os apelidos da Diana são só esses? Sousa e Uva são do Gonçalo, certo? Ela não tem nenhum apelido da mãe? Pergunto isto como pergunta mesmo, curiosidade, não como crítica ou a meter-me na vida dela :)

    ResponderEliminar