4 de junho de 2014

Os meus tudo na gravidez - II

Este é mais um post para todas, mas em especial para as mulheres, mães, que como eu atravessam esta fase especial.
Já sabemos como é super importante besuntarmo-nos o mais possível nesta fase para não sofrermos desgostos com as temidas estrias. Durante os 3 primeiros meses, uma vez é suficiente. Mas a partir do terceiro mês o ideal é fazê-lo de manhã e à noite!
Mas na gravidez fico também com a pele do rosto muito mais seca, o que me leva a ter de procurar cremes de rosto ainda mais hidratantes para esta fase.
Há quem defenda que não devemos usar sempre os mesmos cremes para a pele não se habituar, mas também há quem diga que é melhor usar sempre os mesmos para não expor a pele a demasiadas substâncias e assim potenciar alergias... Eu acredito mais na primeira teoria!
Mesmo a calhar, durante o primeiro trimestre fiquei a conhecer os cremes Anjelif e estou fã, tanto que já vou para a segunda dose.
Como prometido aqui, deixo-vos os meus básicos do momento e partilho algumas dicas:

Durante a gravidez, como sabemos, estamos mais sensíveis aos cheiros.... Nos primeiros tempos o único "perfume" que conseguia usar era a colónia de bebé Picu Baby, adoro o cheirinho suave, depois elegi o perfume Modern Muse da Estée Lauder e é o que estou a usar. Adoro!

Creme hidratante, com protecção solar Anti-gravity, Anjelif | Facial-Eye Firming Serum, Anjelif | Perfume Modern Muse, Estée Lauder

Baume lèvres três lissant da Sephora - sempre na carteira para hidratar os lábios | Verniz Bobbi Brown  (A73) - A minha cor de eleição para o verão | Blush Mac (Mountain High) - Gosto muito de usar blush, para dar aquele ar mais saudável antes de sair de casa. Todas devíamos ter um. Um que adorem o tom e que combine com o vosso tom de pele. Se não sabem qual tom escolher, a dica é: ver se a nossa pele é mais para o amarelada ou rosada e depois escolher um blush, mais rosa ou mais alaranjado. Um tom de pele amarelado fica feio com blush rosa e o contrário, pele clara e rosada com blush côr de tijolo, não funciona | Huile Prodigieuse da Nuxe - É um óleo hidratante, com um aroma muito suave. Uso nas pernas, realça o bronzeado e deixa um "brilho" discreto e bonito. | Lápis preto Chanel - como o blush, é um essencial.

*Uma pergunta muita frequente é sobre quando pintei o cabelo, durante a gravidez. O meu obstetra não colocou impedimentos, mas pessoalmente optei por esperar pelas 14 semanas para o fazer.

Outras dicas, para estarmos giras mesmo na maternidade:

- Pestanas falsas, para um olhar ainda mais bonito e um ar mais descansado. Com ótimos resultados nas fotografias que todas gostamos de ter com o nosso bebé já nos braços.

- Para os cabelos mais rebeldes e difíceis, para não estar preocupada com o aspecto do cabelo, uma boa ideia é fazer um alisamento (sem formol). O cabelo fica com um aspecto mais saudável, brilhante e arranjado. (Nota: perguntar primeiro ao obstetra)

- Não esquecer de levar um necessaire com alguns básicos de maquilhagem (blush ou pó bronzeador, para dar uma corzinha instantânea, baton cieiro para hidratar os lábios e lápis preto ou rímel)

Dicas e sugestões, algumas que recebi de amigas, que para além de nos deixaram ainda mais bonitas nos dão auto-estima. Espero que gostem!


O Blog da Carlota também está no FACEBOOK | INSTAGRAM | PINTEREST

10 comentários:

  1. É bem verdade... Da minha primeira gravidez esqueci-me de levar comigo esdes essenciais de maquilhagem para o hospital e nas fotos pareço uma morta-viva de tão pálida que estava para além de estar com a auto-estima de rastos! Agora nesta gravidez já comprei uma malinha nova e vou comprar maquilhagem nova para levar e sentir-me deslumbrante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não admira que depois o primordial da maternidade fracasse... E vem dizer que não conseguem amamentar... Sociedade de mulheres fúteis...

      Eliminar
  2. I agree never leave the house without blush. I like the tip on hair straightening but worry about chemicals. Which have you done? Obrigada

    ResponderEliminar
  3. As sugestões são muito boas, mas fico sempre com receio de usar cremes de tratamento de rosto e outros cosméticos como base, verniz etc, porque a minha obstetra disse-me " nada de cremes" e há produtos que contêm componentes que são prejudiciais .Por isso, na duvida ,optei por não arriscar e antes das 12 semanas uso o mínimo dos mínimos (hidratante , rímel e corrector/iluminador ) e mudei para um protector solar mineral, sem filtros quimicos.Felizmente pintei o cabelo antes da gravidez ;)

    ResponderEliminar
  4. Há produtos que prefiro evitar como vernizes, mas de resto há alternativa, cosméticos biológicos, sem ingredientes tóxicos. Eu compro na Green Goji (www.green-goji.com).

    ResponderEliminar
  5. tb gosto mt desta marca, conheci a pouco tempo

    ResponderEliminar
  6. Acho que às vezes também se exagera na quantidade de "cuidados". A minha obstetra sempre me disse que podia fazer tudo, pintar o cabelo, usar os mesmos cremes, usar perfume, pintar as unhas, tudo como normalmente. A única coisa que me disse foi para não fazer ginásio com aulas de alto impacto e optar por fazer passeios e hidroginástica.

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito do blog ,tem fotografias fantásticas!

    http://armariodafrancisca.blogspot.pt/

    ResponderEliminar