29 de abril de 2014

A primeira viagem da C - Dicas para viajar com crianças!

Chegamos das nossas férias da Páscoa e tenho tantas coisas para contar e mostrar! Volto de coração cheio. Foram tantas as experiências, tantas novidades e tantas coisas boas vividas.
Precisavamos de alguns dias de pausa num sítio de sol, a 3 (quase a 4), depois do Mercadito da Carlota - Lisboa e antes de sairmos para o Porto, onde vamos passar 2 dias entre os preparativos e o dia do Mercadito da Carlota Porto.
Na minha cabeça já tinha decidido nas últimas férias fora, que da próxima vez a gordinha tinha de vir connosco. Tive tantas saudades dela da última vez... e queria viver a cumplicidade de viajar em família, o prazer de a ver viver a experiência pela primeira vez, vê-la feliz simplesmente por estar ali connosco, a conhecer mais um bocadinho do mundo e a enriquecer o seu próprio mundo.
Não sabiamos bem o que nos esperava, mas mesmo assim arriscamos uma viagem longa - 8 horas até Salvador, Brasil. Um destino paradisíaco, um hotel perfeito para ir com crianças, um mar imenso, areia, céu azul, sol e boa comida, tudo o que pode ser a combinação perfeita para sermos felizes. E fomos! Muito. Foi o máximo, e passei a acreditar que mesmo com 2 anos e meio eles já se divertem à grande!
Por um lado tinha esperança que descomplicando, regras, horários, comida, tudo corresse bem, por outro, confesso que estava preparada para uns dias difíceis, principalmente os da viagem e os de adaptação, com algum stress e uma barriga a pedir uma pausa. Mas não. Tudo o que podia correr mal, correu pelo melhor! 
Saímos de Lisboa depois de almoço e apanhámos um voo directo para Salvador.
Parabéns querida C, portou-se TOP! Quando no aeroporto percebeu que ia finalmente entrar num avião ficou numa excitação e já não via a hora de levantar voo, "olha!" apontava para os aviões na pista, "quando vamos?" "está quase'?"
Durante a descolagem, não chorou, não sofreu dos ouvidos e de um momento para o outro adormeceu. Dormiu as primeiras 3 horas e meia de voo, e tirando os últimos 50 mins antes da aterragem em que quis sair do lugar e andar a passear pelo avião com o pai, aguentou-se sempre no seu lugar entretida.

A ida



A viagem de regresso foi ainda mais fácil, porque saímos de Salvador às 23h e a viagem foi toda feita durante a noite. Sinceramente não sei se chegou a sentir a descolagem, porque dormiu logo e 7 horas seguidas até a acordarmos, 1 hora antes, para tomar o pequeno almoço e ver a aterragem em Lisboa. Da experiência do avião vamos para sempre guardar o seu ar, entre o espantado e o indignado, enquanto olhava o céu pela janela: " Mãe, está estagado (o avião), não anda..." Só rir.

O regresso

Obrigada a todos os que nos acompanharam pelo instagram nesta viagem! 

Agora vamos às dicas práticas sobre a viagem :

- Consulte o pediatra antes do voo para se certificar que o seu filho está apto para voar até ao destino planeado. O médico pode prescrever vacinas e dar-lhe algumas dicas extras.

- Quando comprar o bilhete informe a companhia aérea que o seu filho vai viajar consigo. Peça a refeição de criança para as reservas e reforce no check in.

- Tente reservar um lugar à janela já que as crianças gostam de poder olhar lá para fora. Os pais devem ir no lugar do corredor, para os conseguirmos controlar melhor.

- Para evitar a dor nos ouvidos na descolagem e aterragem leve a chucha ou um biberão com água ou leite para ajudar a minimizar os efeitos das variações de pressão.

- Para evitar desidratação certifique-se de que o seu filho bebe líquidos suficientes.

- Se puder, seleccione um voo nocturno para que as crianças sejam capazes de manter o seu padrão de sono habitual e descansar um pouco.

- Chegue cedo. Viajar com crianças e lidar com a bagagem pode levar algum tempo. Reserve duas horas para voos europeus e 3 horas para voos intercontinentais.

- Prepare uma mochila para levar dentro do avião com tudo o que é essencial, como brinquedos, roupas, artigos de higiene, livros de histórias, livros e lápis de pintar, autocantes, gomas, bolachas, o boneco ou peluche preferido, ipad com muitos desenhos animados e aplicações de jogos.

- Leve lanches leves são sempre uma boa opção. Apesar de algumas companhias aéreas fornecerem comida para bebé, é sempre preferível levar as comidas favoritas do seu bebé.

- Biberons, fraldas e toalhetes. Nós levámos um biberon com cerelac e no avião pediamos água mineral aquecida. As tripulações estão habituadas a estes procedimentos.

- Vestir os miúdos com várias camadas de roupa que possa adaptar-se às diferenças de temperatura a bordo e no destino. Ou leve uma muda para trocar antes de sair do avião.

- Leve um kit de medicamentos, especialmente se não estiver familiarizado com o destino e para o caso de não termos uma farmácia por perto.

- Leve meias (para substituir os sapatos dentro do avião e terem os pés quentes) uma mantinha para o ar frio do ar condicionado no avião (mas normalmente as companhias aéreas disponibilizam almofada e cobertor).

- Se levar o carrinho de bebé e desejar mantê-lo até ao embarque, a companhia fará o check-gate do mesmo e colocá-lo-á no compartimento de carga para transporte. Nós não levámos porque o hotel disponibiliza o carrinho para andar lá.

- Em voos internacionais, caso a criança esteja acompanhada por apenas um dos pais, é necessário apresentar uma carta autenticada com a autorização de saída assinada pelo outro pai.

Espero que estas dicas ajudem nas vossas férias!
Mas ainda tenho TANTO para vos contar e mostrar!

O Blog da Carlota também está no FACEBOOK | INSTAGRAM | PINTEREST