11 de setembro de 2013

Life goes on...

Sei que estava em "falta" com vocês sobre este assunto, mas os últimos dias foram especialmente ocupados e intensos. Por um lado a organização do Mercadito da Carlota, mas, mais importante agora, os primeiros dias de adaptação da baby C ao colégio. 
Na segunda-feira ficou só meio dia, ontem não foi e portanto hoje foi o primeiro dia a sério no colégio, das 9h30 às 16h.
Correu tudo bem, a C, como esperávamos, integrou-se lindamente e nem uma lágrima. É sem dúvida, uma bebé feliz e muito segura. 
Assim que chegámos à sua sala dirigiu-se aos brinquedos, apresentou-se aos outros meninos - "Coca" e foi brincar. Eu fiz o meu papel de mãe segura, forte e alegre, fiquei ali um bocadinho a observá-la, mas como nada de especial acontecia, despedi-me dela com um beijinho e saí. 
...Respira fundo!
Óculos de sol na cara, cai-me uma lágrima, continuo a andar e já dentro do carro não consegui evitar... as lágrimas começaram a cair...
Acho que foi a descompressão, nem sei bem explicar o tipo de sentimento.... um vazio, um aperto no estômago… a sensação de que ninguém saberá ou poderá cuidar tão bem da minha filha como eu... não sei...
Imensa gente me disse "custa mais à mãe". E é verdade! O que seria se ela tivesse choramingado!
Nessa primeira manhã não consegui fazer nada de jeito, envolta em mil pensamentos, a tentar processar tudo e a pensar que estes anos que tive a minha filha em casa foram imensamente felizes e, acredito, serão um pilar fundamental no seu desenvolvimento e de certeza, foram valiosos na formação da sua personalidade.
Sei que é muito pieguisse, que vai correr tudo bem, que a vida é mesmo assim... eles crescem rápido...
Na primeira manhã, quando a fui buscar às 12h, ainda não queria vir embora. Hoje foi o dia todo e estava na maior, ficava mais tempo se fosse preciso.
A minha filha que há poucos dias era uma bebé já começou a ganhar asas, a construir a sua vida escolar, o seu percurso... 
Mas para mim continua a ser a minha bebé, a filha que sempre sonhei!
11. setembro. 2013









Mom's look:
Túnica - Vintage Bazaar
Calções - Zara
Botins - It Shoes

Baby C:
Saia/jardineiras - Zara
Menorquinas - Loja Real
Mochila Cath Kindston - Maria Lorena Interior Design

O Blog da Carlota está no

20 comentários:

  1. Olá Fernanda.
    Até senti um arrepio... Um dia destes serei eu a sentir essa emoção. Estou a aprender quer ser mãe é isso mesmo, deixá-los criar asas e ficarmos de coração apertado! Beijinho e obrigada pela partilha ;)

    ResponderEliminar
  2. Só quem é mãe percebe o turbilhão de sentimentos de que fala: da ansiedade, do "medo" de não estarem à altura de uma mãe.
    Principalmente quem tem o privilégio de dedicar todo o seu tempo aos primeiros anos de vida do bebé.
    Mas é excelente para o desenvolvimento deles a todos os níveis, queremos protegê-los para sempre, mas têm de aprender a voar... :)

    ResponderEliminar
  3. Olá Fernanda, é que depois de sermos mães...nunca mais temos paz interior...principalmente quando ainda são indefesos...eu já passei por situações idênticas à sua...e a pior de todas foi quando a minha filha teve de ser internada de madrugada, após longas horas de soro...e até ao dia seguinte eu não saber o que ela tinha...uma angústia, uma impotência :( Mas agora falando de coisas boas, acho que fez muito bem ficar com a C. durante estes 22 meses, a minha foi com 4 meses...mas um próximo não será assim:))))

    ResponderEliminar
  4. Olá Fernanda! Identifiquei-me tanto com este post! A parte dos óculos escuros, cai a lágrima e entrar no carro e começar a chorar... bem, no 1º dia da M foi igual... custa muito ao início, mas no fundo nós sabemos... elas ficam bem... Beijinhos e tudo de bom

    http://blogdababym.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. www.frascodememorias.wordpress.com
    Ainda não chegou o meu dia...
    Como subscrevo tudo o que disse acerca dos primeiros anos serem o pilar da formação dos bebés, continuo com a Beatriz.
    Lancei-lhe um repto no post "Espécime" do meu blog. Sinta-se livre para aceitar ou recusar. É esse o espírito :-) Ana
    http://frascodememorias.wordpress.com/2013/09/12/especime/

    ResponderEliminar
  6. Que continue a correr tudo bem. Estou solidária, pois a minha menina também entrou este ano para escola e sei do turbilhão de sentimentos que fala.

    ResponderEliminar
  7. A Fernanda é uma sortuda, a carlota não chorou? Essa menina parece uma santa, sempre a rir, sem birras, come e dorme bem, saudável. É o totoloto, parabéns:)

    ResponderEliminar
  8. Fernanda, a minha M. no primeiro dia não chorou, gritou a plenos pulmões chamando por mim e pelo meu colo, durante cerca de 20 minutos seguidos, e eu não chorei no carro, chorei mesmo no corredor baba e ranho com todos os pais a olharem para mim, mas não conseguia parar. A minha vontade era entrar na sala e acabar com aquele sofrimento. Mas aguentei-me. Fiz, aliás, um post logo nesse dia no meu blog, em jeito de "desabafo". Todos os dias da primeira semana chorou quando a entregava, mas esta semana tem ficado super animada e bem disposta, nem parece a mesma! Acredite que já foi uma sorte a C. ter-se adaptado tão bem e não ter chorado nem nada! De facto era o que eu esperava, pois ela parece ser bastante sociável! Essa sensação de "eu cuido melhor do que qualquer um" persistirá, mas porque é mesmo verdade, mãe é mãe, mas vai aprender a confiar quando vir o carinho da C. pelas educadoras,e lembre-se sempre que elas são profissionais preparadas e que gostam muito das suas crianças. Vai tudo correr bem, Fernanda! Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Comigo já é o segundo, e as lágrimas correram na mesma... Mãe é mesmo assim!
    Bjs :)

    ResponderEliminar
  10. Está na mesma escola da minha filha (se for a de Belém). É óptima! Senti os mesmos receios que descreve mas foi a melhor escola que podia ter escolhido :) já está na sala dos 3 anos e adora :)

    ResponderEliminar
  11. Olá Fernanda hoje fui levar os meus filhos gemeos os mais velhos, ao 1º dia de colegio novo, 5º ano do Colegio do Rosario, e apesar de já estarem em escolas desde os 3 anos, também saí de lagrima no canto do olho, tão comovida fiquei de os ver já a entrar num colegio grande no 5º ano...os meus bébés, tão seguros de si. Como diz a Sofia: Mãe é mesmo assim! Bjs

    ResponderEliminar
  12. Olá Fernanda.. Nós sofremos mais que eles.. Claro que daqui para a frente eles vão ter dias que ficam no colégio muito bem outros querem ficar lá mas também não nos querem largar.Vai haver dias para tudo. A minha Mariana já está no colégio á 2 anos e meio,e quando a vou buscar ela não quer sair de lá. Por alguma razão é,por ser bem tratada.

    Bjinhos e aproveitar todos os dias,e todos os minutos deles o tempo passa tão depressa.

    ResponderEliminar
  13. Em primeiro lugar, muitos parabéns. Pelo blog fenomenal e pela filhota maravilhosa. Efectivamente custa mais às mães do que aos meninos. Senti exactamente o mesmo nos primeiros dias do meu menino no Colégio, que felizmente adora. Esta sensação de "ninguém saberá ou poderá cuidar tão bem da minha filha como eu...". Mas o pior já passou. Se os dois primeiros dias correram bem, só poderá melhorar ainda mais! :) Un grande grande beijinho, dos Açores,
    CC

    ResponderEliminar
  14. Lindo post, traduz tudo o que uma mãe sente quando tem de deixar pela primeira vez o seu filho longe dos seus olhos.
    Fernanda gostava de saber onde arranjou a ardósia branca, obrigada!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria, sobre a ideia da ardósia está tudo explicado aqui
      http://babycarlota.blogspot.pt/2013/09/o-1-dia.html
      é uma moldura do ikea :)
      Bjss

      Eliminar
    2. Não me tinha apercebido que tinha sido personalizada, pensei que tinha comprado o conjunto ardósia/moldura já assim :) Boa ideia!
      E já agora agradeço mais uma vez o prémio Zippy, estou mesmo feliz!
      Beijinhos

      Eliminar
  15. Este blog é completamente fantástico! A Carlota é uma criança super encantadora, já para não falar que ela e a máquina fotográfica dão-se muito bem, é fotogénica!
    Parabéns pelo blog, parabéns pela família linda que tem e parabéns por ser uma mãe com muito estilo!
    Já agora, ando à imenso tempo a tentar saber como se coloca os símbolos das redes sociais como aqui apresenta, mas não encontrei nada que me fosse útil, seria capaz de me dizer?

    Obrigada, beijinhos para a pequenita!

    ResponderEliminar
  16. Adoro o seu blog e sigo-o ja desde o inicio. O D nasceu 1 mês depois da C e parece que agora estão no mesmo Colegio e na mesma sala! Custa sempre deixa-los e se ficam a chorar como o D tem ficado estes primeiros dias parte o coração...
    Muitos Parabéns pelo blog e pela C!!!

    ResponderEliminar
  17. É realmente um "momento difícil"!! E eu não fiquei esse tempo todo "em casa" com a Teresinha... Mas é realmente o primeiro momento em que percebemos que eles "são do mundo"... :|
    É aproveitar todos todos os momentos antes que "cresçam demais!!" :)

    ResponderEliminar