11 de setembro de 2012

...A Crescer

Bom dia! Por aqui voltámos à rotina dos dias a duas, às responsabilidades (minhas) e aos mortais encarpados (meus) para conseguir organizar o trabalho e uma agenda com mil e uma solicitações nos intervalos das fraldas, biberons, papas e banhos (dela)! Uffa! Muitas vezes só à noite, depois de deitar a C, é que consigo ter tempo para responder às pilhas de emails que recebo e que não consigo responder durante o dia. Muitos são vossos. Mas não me queixo! Adoro. E ver a minha filha crescer e ser feliz compensa todos os malabarismos. Mas ter alguns dias a ajuda da minha mãe ou da I é fundamental!
A baby C faz 11 meses no final do mês, e que crescida! Finalmente tem 3 dentes a nascer, dois em cima e um em baixo e ontem deu os primeiros passos sozinha! Distâncias curtas, em localizações onde vê que se pode agarrar em caso de emergência, 4 passinhos de cada vez, mas que foi repetindo ao longo do dia. Priceless, o andar desengonçado! 
É uma criança que todos os dias nos surpreende. Já começa a perceber-se alguns traços da sua personalidade. É muito querida, divertida, super comunicativa e decidida. Nos últimos dias senta-se muito direita e passa que tempos a folhear livros e revistas. Mas não pensem que rasga ou folheia a revista de qualquer maneira! Não. Passa as folhas uma a uma e observa cada página durante alguns segundos como se estivesse a entender alguma coisa do que lá está. Noutras alturas quer conversa, está uma fala-barato e faz as gracinhas todas para chamar a atenção! E à noite, com o pai e a mãe a pedirem descanso ela ainda está com a energia toda, a tentar resisitir o que pode, e o que não pode, ao sono.
Outra: Quando voltei de Ibiza trazia imensas pulseiras de linha coloridas no pulso. A C não tirava os olhos! Desatei uma e por graça atei-lha no pulso à espera que não durasse lá 1 minuto! Não a tirou a tarde toda... À noite quando a fomos deitar o pai começou a desatar-lhe a pulseira e a C que já estava meia a dormir desata num berreiro. Resultado: anda há quase 2 semanas de pulseira no pulso e não a puxa, nem quer tirar!
Como é que pode ter 10 meses e querer andar de pulseira? :)



Este é mais um momento Limetree
Agora vou aproveitá-la e apertá-la … que já tenho saudades! 

A propósito do tempo que os filhos nos ocupam, aconselho a leitura desta crónica enternecedora de Isabel Stilwell que says it all!
Tenho a certeza que vão adorar! 

Para acompanhar tudo sobre o Blog da Carlota no facebook é AQUI